terça-feira, março 29, 2005

Pudor, precisa-se!

Ontem li em "A Capital" um artigo sobre o Metro Mondego, escrito à volta da vida de duas velhinhas despejadas, para que se possa abrir o canal de passagem na baixa. Mas, o mais interessante é o que se diz nas entrelinhas, ou "en passant", como quem não quer a coisa...
Então, não querem lá ver que o fulano ... leiam o despacho da Lusa!
Então, não há vergonha, nem sequer pudor!

7 comentários:

Anónimo disse...

Uma e outra auferem reformas de 200 euros por mês e não podem imaginar a região sem um transporte ferroviário moderno e cómodo, que não desonere o Estado das suas obrigações sociais, designadamente ao nível das tarifas, e que assegure a mobilidade das pessoas entre o interior e a sede do distrito.

Querem ver que as velhinhas imaginaram estas frases sozinhas? Isto escrito por um jornalista com conhecidas posições publicas sobre o Metro dá que pensar na apregoada imparcialidade jornalistica. Já agora, quem não conseguiu ler o texto, pode faze-lo aqui: http://www.asbeiras.pt/?area=regiaocentro&numero=22467&ed=29032005

Anónimo disse...

iu ai ui!

despachos da lusa e tal...cheira a a guerra de jornalsitas.
querem ver que o capitão é um dos jornalistas do lampião das provinvias... ou será que é o representante do mensageiro dos olivais?

Anónimo disse...

Será que só V. Exa. é que leu nas entrelinhas?
Não há jornalistas em Coimbra com coragem de escrever nas linhas, com todas as letras, aquilo que as duas idosas disseram ao jornal?
É medo? A coisa está assim? Ou será que anda tudo a comer, menos as velhinhas?

Anónimo disse...

É o mesmo problema de sempre: a rapaziada do PSD não percebe nada de Comunicação Social. Mas pensa que percebe...

Anónimo disse...

Capitão, anda a comer?
Ou é velhinha?

Anónimo disse...

DIÁRIO DAS ASNEIRAS E O CALINO VÃO FAZER UM CONTR BLOG,PARA FAZER GUERRA AOS JORNALISTAS DO CAMPEÃO E DO MENSAGEIRO DE SANTO ANTÓNIO,QUE ESCREVEM NO PORTA

ANDA MALÓ

Anónimo disse...

You have an outstanding good and well structured site. I enjoyed browsing through it video editing programs