segunda-feira, março 21, 2005

PENSAMENTOS DO OFICIAL DE DIA

Cântico Negro

"Vem por aqui" - dizem-me alguns com olhos doces,
Estendendo-me os braços, e seguros
De que seria bom que eu os ouvisse
Quando me dizem: "vem por aqui"!
Eu olho-os com olhos lassos,
(Há, nos meus olhos, ironias e cansaços)
E cruzo os braços,
E nunca vou por ali...

A minha glória é esta:
Criar desumanidade!
Não acompanhar ninguém.
-Que eu vivo com o mesmo sem vontade
Com que rasguei o ventre a minha mãe.

Não, não vou por aí! Só vou por onde
Me levam meus próprios passos...

Se ao que busco saber nenhum de vós responde,
Por que me repetis: "vem por aqui"?
Prefiro escorregar nos becos lamacentos,
Redominhar aos ventos,
Como farrapos, arrastar os pés sangrentos,
A ir por aí...

Se vim ao mundo, foi
Só para desflorar florestas virgens,
E desenhar meus próprios pés na areia inexplorada!
O mais que faço não vale nada.

Como, pois, sereis vós
Que me dareis impulsos, ferramentas, e coragem
Para eu derrubar os meus obstáculos?...
Corre, nas veias, sangue velho dos avós,
E vós amais o que é fácil!
Eu amo o Longe e a Miragem,
Amo os abismos, as torrentes, os desertos...

Ide! tendes estradas,
Tendes jardins, tendes canteiros,
Tendes pátrias, tendes tectos,
E tendes regras, e tratados, e filósofos, e sábios.
Eu tenho a minha loucura!
Levanto-a, como um facho, a arder na noite escura,
E sinto espuma, e sangue, e cânticos nos lábios...

Deus e o Diabo é que me guiam, mais ninguém.
Todos tiveram pai, todos tiveram mãe;
Mas eu, que nunca principío nem acabo,
Nasci do amor que há entre Deus e o Diabo.

Ah, que ninguém me dê piedosas intenções!
Ninguém me peça definições!
Ninguém me diga: "vem por aqui"!
A minha vida é um vendaval que se soltou.
É uma onda que se alevantou.
É um atomo a mais que se animou...
Não sei por onde vou,
Não sei para onde vou,
-Sei que não vou por aí!


José Régio, Poemas de Deus e do Diabo

7 comentários:

Ana disse...

...
Ah! quem há de exprimir, alma impotente e escrava,
O que a boca não diz, o que a mão não escreve?...

Olavo Bilac

Anónimo disse...

Meu caro Almirante:
SINTO-LHE UM GOSTO AMARGO NOS POSTES!

Anónimo disse...

Desta vez o oficial de dia não diz no (em) que(m) estava a pensar?
Que estranho?

Ima disse...

Ouve-me: se é que ainda

Me podes tolerar,

Neste papel rasgado

Das arestas da minh’alma...

Ai! as absurdas intrigas

Que te quisera contar!

Ai os enredos,


Os medos,

E as lutas em que medito,

Quer dê, quer não dê por isso,

Sem descansar

Um momento...!

Quem sofre – pensa; e o tormento

Não é sofrer, é pensar.

O pensamento

Faz engolir o vómito de fel...

Ouve! Se sou cruel

Neste papel queimado

Dos incêndios da minh’alma,

É de raiva de que embalde


Te procure dizer sem falsidade

Coisas que, ditas, já não são verdade.

E procuro eu dizê-las

Ou procuro escondê-las?

E procuro eu dizer-tas,

Ou procuro a vaidade

De mas dizer a mim, de modo que mas ouçam

Esses mesmos que desprezo,

E cujo louvor me é caro?

(...)
José Régio

Anónimo disse...

This is very interesting site... http://www.games-0.info/Games31.html Adminstrative assistant property and casualty insurance banned herbal supplements united states air force Search engine adware Game boy advance cheatscom free toonsex games games adderall Las vegas bikini march bdsm erotica archives mid career financial planning illegal game hunting in louisiana free pictures of xxx interracial sex Wheels vw audi http://www.hair-removal-atlanta-5.info/nicon-digital-camera.html Video game soundtracks What the crap are you doin you idiot Discount fioricet pharmacy purchase Facelift patient satisfaction game boy advanced cheats for pokemon leaf green

Anónimo disse...

Wonderful and informative web site. I used information from that site its great. umaxppc pay per click search engine bid baikalguide

Anónimo disse...

Excellent, love it! Recipes for skin care products free perfume sample buy levitra laser hair removal maine Universal rear car bench seat cover Video poker cheats 8 line Level affiliate programs residential interior design